Notícias > Rússia não vai aumentar exportação de cereais
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Rússia não vai aumentar exportação de cereais

As exportações russas de cereais não deverão aumentar em resultado do aumento dos preços domésticos, causado pela pior seca dos últimos 56 anos nos Estados Unidos.

«A exportação russa de cereais não pode aumentar quando os nossos preços internos são iguais aos internacionais e até superiores em algumas regiões», afirmou o presidente da União Cerealífera Russa, Arkady Zlochevsky.

A seca nos Estados Unidos provocou a subida dos preços internacionais do trigo, milho e soja para níveis não vistos desde 2008, com os preços dos cereais, incluindo os destinados à produção de biocombustíveis, a aumentarem acentuadamente desde meados de Junho.


O preço do milho no mercado de futuros da Bolsa de Mercadorias de Chicago atingiu um recorde de 8,16 dólares (6,71 euros) por bushel (25 quilos) na quinta-feira, tendo subido mais de 55 por cento desde 15 de Junho, enquanto que a soja atingiu os 17,49 dólares por bushel (27 quilos).

A seca forçou o governo norte-americano, na semana passada, a rever em baixa de 13 por cento a sua previsão de produção de milho em 2012 para 12,9 mil milhões de bushels.

O aumento destes preços nos EUA afecta os preços nos outros países, destacaram os analistas. Na Federação Russa, os preços do trigo atingiram um patamar inédito, entre os 8.800 e 8.900 rublos (224,5 – 227 euros) por tonelada no início de Julho e já subiram aos 9.500 rublos em várias regiões russas na semana corrente, o que pode provocar o aumento do preço da forragem e da carne.

«Os preços internos russos subiram e agora estão próximos dos valores máximos absolutos provocados pela seca nos Estados Unidos», disse o director executivo da agência de notícias agrícolas Sovecon, Andrei Sizov.

A subida do preço do trigo na Federação Russa também resulta da recente revisão em baixa da previsão da colheita, de 94 milhões de toneladas para uma quantidade entre as 80-85 toneladas e das continuadas chuvas no Sul da Federação.


 

Fonte: Agência Lusa/ Sol

 
 
24-07-2012
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares