Notícias > Código de boas práticas acordado na Grã-Bretanha
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Código de boas práticas acordado na Grã-Bretanha

Os produtores e as industrias do Reino Unido consensualizaram um código lácteo de boas práticas, com carácter voluntario. Para chegar a este acordo foi necessária a intervenção do Subsecretário britânico da Agricultura, Jim Paice.

O Código implicará que os contratos entre os produtores e as indústrias serão livremente negociados entre as partes, com mais transparência e equidade. Os contratos terão que incluir o preço ou a sua forma de estabelecimento e os períodos de aviso, por forma a que o produtores possam mudar facilmente de comprador se não estiverem de acordo com os preços recebidos. Espera-se que o texto definitivo do Código esteja concluído em finais de Agosto.

Apesar deste acordo, os protestos dos produtores contra a indústria e a distribuição continuam, porque os preços do leite não sobem já que, no fim de contas, é o tema primordial e porque o Código acordado não deixa de ter um carácter voluntário e não começará a ser aplicado senão dentro de alguns meses.

A cadeia de distribuição Asda anunciou uma subida do preço ao produtor de 2,5 cêntimos/litro a partir de 1 de Agosto, em resposta às pressões dos agricultores. As outras cadeias e indústrias ainda não se pronunciaram.

As principais organizações agrárias do país acordaram que se os preços do Leite não subirem o leite antes de 1 de Agosto, os produtores deixarão de entregar leite, desabastecendo os lineares, num momento de grande afluência de turismo, coincidindo com os Jogos Olímpicos.

 

Fonte: ANIL /Agrodigital

 
 
01-08-2012
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares