Notícias > Vinho Verde_Produtores e comerciantes já podem negociar através de uma bolsa exclusiva
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Vinho Verde_Produtores e comerciantes já podem negociar através de uma bolsa exclusiva

Produtores e comerciantes de vinho verde dispõem agora de uma bolsa "on line" criada pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) que tem como objetivo "potenciar negócios diretos" entre as duas partes.

"O conceito é simples: os produtores colocam no sistema os vinhos disponíveis para venda e os comerciantes consultam a ferramenta desenvolvida pela CVRVV para comprar o que procuram", explica a comissão, numa nota enviada à Agência Lusa.

A Bolsa do Vinho Verde já tem "cerca de 20 produtores inscritos" e, segundo o presidente da CVRVV, Manuel Pinheiro, destina-se a "trazer maior liquidez ao mercado e a criar mais mercado", procurando acrescentar-lhe valor.

Os grandes beneficiados, de acordo com a entidade, serão "os cerca de 20 mil pequenos produtores e os cerca de 200 compradores, que já podem fechar negócios diretamente através de um programa simples, moderno e seguro, disponibilizado pela CVRVV para fazer face à pouca fluidez do mercado".

Muitos pequenos produtores dependem de um ou dois compradores fiéis para escoar o seu vinho e, com esta bolsa, poderão dispor de um mercado maior para o seu negócio.

Com a nova ferramenta, "os produtores, interessados em fazer escoar o vinho para o mercado, anunciam os vinhos e os comerciantes passam a ter informação que até agora não estava disponível, nomeadamente quem tem vinho para vender, perfis e quantidades".

Manuel Pinheiro disse à Lusa que "os comerciantes, sobretudo, pediam à CVRVV listas de produtores com vinho para vender", mas razões de ordem legal impediam a entidade de dar essa informação.

Os pequenos produtores de Vinho Verde que não tiverem acesso ao sistema via internet podem inscrever os seus vinhos nas delegações da CVRVV ou por telefone.

"Os grandes agentes económicos podem usar o mesmo método ou fazê-lo diretamente na página oficial da comissão, através do INETSIV, um sistema de informação vitivinícola que controla a produção na maior região vitivinícola da Europa", esclarece a Comissão.

A CVRVV afirma que este novo serviço, que será acessível apenas aos comerciantes de vinho verde inscritos na Comissão, "é único em Portugal, inovador na Península Ibérica e inspirado no sistema em funcionamento no estado da Califórnia, nos Estados Unidos".

 

 
Fonte: Agência Lusa / AYM.
 
 
01-08-2012
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares