Notícias > FAO pede suspensão da produção americana de etanol de milho
  Voltar Imprimir
 

 

 
  FAO pede suspensão da produção americana de etanol de milho

O director geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o brasileiro José Francisco Graziano da Silva, pediu aos Estados Unidos a suspensão da produção de etanol a base de milho para evitar uma crise alimentar mundial, num artigo publicado pelo jornal britânico Financial Times.

«Uma suspensão imediata e temporária da legislação americana, que destina quotas das colheitas de milho para a produção do biocombustível, daria um certo alívio ao mercado e permitiria destinar mais grão para a alimentação humana e animal», destacou o director da FAO.

A seca que afecta os Estados Unidos teve um grande impacto nas colheitas e provocou fortes tensões nos mercados das commodities agrícolas.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) indicou que a colheita de milho de 2012 será a menor em seis anos, com uma redução de 13 por cento em relação a 2011, totalizando 10,8 milmilhões de bushels (um bushel equivale a 25 kg).

O USDA já havia indicado que apenas 23 por cento das plantações de milho estavam num estado bom a excelente, devido às temperaturas de Julho, as mais elevadas desde 1895, quando começou o registo, que danificaram os cultivos de modo nunca visto antes deste ano para o caso do milho e desde 2003 para a soja.

«Neste contexto, os preços dos cereais dispararam, com uma alta de quase 40 por cento desde 1 de Junho no caso do milho», afirmaram os analistas do grupo de investidores CM-CIC.

Fonte:Dinheiro Vivo

 
 
13-08-2012
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares