Notícias > Estudo aponta falhas na segurança dos transgénicos
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Estudo aponta falhas na segurança dos transgénicos

Um estudo publicado na revista ‘Food and Chemical Toxicology’ põe em causa a segurança de transgénicos no mercado, resultado de uma experiência em laboratório que incluiu, na dieta dos ratos, milho modificado para resistir a herbicidas. A investigação aponta como efeitos o triplo das mortes prematuras ou tumores quatro vezes maiores que o normal.

Segundo o jornal i, o investigador do Instituto de Tecnologia Química e Biológica, Pedro Fevereiro, admite que este é o primeiro “grande abalo” na ciência dedicada à segurança dos transgénicos. Mas por enquanto os resultados levantam dúvidas: “se há estes efeitos brutais, porque é que nos últimos 15 anos nunca nenhum veterinário detetou este tipo de tumores e mortes nas centenas de ovinos, bovinos e aves alimentadas com rações à base de transgénicos?”, questionou ao i, adiantando que o ruído que envolve a publicação impõe alguma desconfiança. “O autor principal tem uma posição assumidamente antitransgénicos e França acaba de ser condenada pelo tribunal europeu por ter suspendido o cultivo de milho transgénico. É curioso que o estudo surja duas semanas depois”, disse.

Fevereiro defende que o estudo contraria toda a literatura publicada, pelo que terá de ser replicado e bem analisado.

O principal autor do estudo é um investigador francês conhecido pela sua posição antitransgénicos. 



Fonte: Vida Rural

 
 
21-09-2012
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares