Notícias > Preços mundiais de carne de porco aumentam a partir de finais de 2013
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Preços mundiais de carne de porco aumentam a partir de finais de 2013

O sector mundial da carne de porco passa por um dos anos mais complicados da sua história, com grandes contrastes de preços entre as regiões produtores a nível global, de acordo com a informação trimestral do Rabobank.

Nos Estados Unidos, Canadá e Coreia do Sul registaram-se baixas de preços devido ao aumento da oferta, provocada por um fornecimento sazonal elevado após o Verão e também pelo aumento do número de abates, numa tentativa dos produtores reduzirem os censos de forma a suportar menos custos de alimentação.

Por outro lado, e contrariando este cenário, no Brasil e na União Europeia (UE) a situação de preços é diferente, com registo de valores altos. No Brasil, devido à baixa de oferta como consequência de uma previsão de redução de censos e a queda sazonal e na UE, os censos têm vindo a cair no último ano em resposta á diminuição de rendimentos e da impossibilidade de algumas explorações se adaptarem à directiva comunitária de bem-estar animal

O recenseamento de metade do ano reflecte uma descida do número de reprodutoras em cerca de 3,9 por cento. Também resultou de forma favorável para o Brasil e a UE a taxa de câmbio em relação do dólar, o que promoveu as exportações.

O Rabobank espera que os preços mundiais se mantenham sobre pressão na primeira parte desde último trimestre, mas que se registe alguma recuperação no final do ano e em 2013.Os preços dos cereais vão permanecer altos, ao que tudo indica, durante os próximos 12 meses, devido à seca que atingiu os Estados Unidos, a Rússia e a América do Sul.

No entanto, o Rabobank considera que o mercado do sector durante o próximo ano será marcado pela volatilidade dos preços das matérias-primas, as variações dos tipos de câmbios e as flutuações na procura por parte da China de carne de porco, a qual se converteu num dos principais países importadores do mundo desta carne.

Outro factor a ter em conta na evolução dos preços é a propagação da peste suína africana na Rússia, escreve o Agrodigital.

 

Fonte: Agrodigital


 

 
 
23-10-2012
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares