Notícias > Subida de preços de 2,9% em Portugal
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Subida de preços de 2,9% em Portugal

A taxa de inflação média da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) cifrou-se nos 2,2 por cento em Setembro, segundo um comunicado divulgado pela instituição, que mostra uma subida dos preços de 2,9 por cento em Portugal. Esta subida na OCDE (dos 2,1 por cento verificados em Agosto) reflecte essencialmente o aumento dos preços dos produtos energéticos.

Em Portugal, a inflação cifrou-se nos 2,9 por cento em Setembro em termos harmonizados. Na média dos 30 membros da organização (entre os quais Portugal), a taxa de inflação na energia disparou para os 5,1 por cento em Setembro, dos 3,5 por cento de Agosto, enquanto na alimentação abrandou para os 2,1 por cento (face aos 2,2 por cento do mês anterior).

A inflação subjacente (isto é, a variação dos preços sem incluir alimentos nem energia) abrandou para os 1,6 por cento em Setembro, contra os 1,7 por cento observados em Agosto. A média disfarça algumas discrepâncias entre os vários blocos que compõem a OCDE. Na zona euro, a taxa manteve-se nos 2,6 por cento em Setembro, com Itália igualmente inalterada nos 3,2 por cento, mas em França e na Alemanha a baixar dos 2,1 por cento para os 1,9 por cento e dos 2,1 por cento para os 2,0 por cento, respectivamente.

Nos EUA, por sua vez, a inflação subiu dos 1,7 por cento para os 2,0 por cento em Setembro.

 

Fonte: Agência Lusa

 
 
05-11-2012
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares