Notícias > Exportações de vinho sobem 2,4 por cento em 2013
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Exportações de vinho sobem 2,4 por cento em 2013

As exportações de vinho cresceram 2,4 por cento em 2013, seguindo a tendência de crescimento dos últimos três anos, anunciou o Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), citando dados do Instituto Nacional de Estatística.

As exportações de vinhos permitiram ao país facturar 725 milhões de euros, com o preço médio por litro a ser valorizado e a subir 13,3 por cento, cifrando-se nos 2,37 euros, revelou o IVV em comunicado.

Contudo, ao contrário do aumento de 8,8 por cento em 2012, verificou-se uma diminuição do volume exportado, 306 milhões de litros. «O optimismo vem em grande medida pelo aumento do preço médio, que assinala uma maior predisposição dos mercados a pagar melhor pelos vinhos portugueses», sublinhou o IVV.

Os países europeus continuam a ser os principais consumidores estrangeiros dos vinhos portugueses, com 54 por cento do volume transaccionado, destacando-se o Luxemburgo no ano passado.

As exportações para fora da União Europeia «revelaram uma boa dinâmica», atingindo os 314 milhões de euros e mais de 140 milhões de litros. Entre os principais mercados, mantêm-se Angola, Estados Unidos da América, Polónia, Suíça e Canadá.

Apesar de ser o principal destino das exportações, com 21 por cento, Angola comprou menos vinho do que em 2012, mas compensou essa quebra, ao aumentar o valor de mercado dos vinhos portugueses, cujo preço subiu 17 por cento naquele país africano.

«2012 já tinha sido um ano com forte aumento do volume e valor exportado, o que colocou a fasquia de comparação mais alta. Este ano, os exportadores mantiveram a aposta na exportação, tornando o sector cada vez mais competitivo e gerador de valor», justificou o IVV.

Em 2012, as exportações tinham subido 8,8 por cento, em relação a 2011, em volume de transações e 7,1 por cento em valor, superior ao das importações, de 1,4 por cento, apesar de o preço médio ter decrescido 1,5 pontos percentuais.

Nesse ano, atingiram os 704 milhões de euros, o que permitiu fechar o ano com um saldo entre as exportações e importações de vinho «fortemente» positivo, com lucros de 620 milhões de euros.

 

Fonte: Lusa

 
 
19-02-2014
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares