Notícias > UE leva Rússia a OMC por embargo a carne de porco
  Voltar Imprimir
 

 

 
  UE leva Rússia a OMC por embargo a carne de porco

O Comissário europeu da Saúde, Tonio Borg, cumpriu a ameaça e levou a Rússia perante a Organização Mundial do Comércio (OMC) devido ao embargo às exportações de carne de porco da União Europeia.

A Comissão Europeia considera totalmente desproporcionada a restrição aplicada pela Rússia. Por casos isolados de peste suína na Lituânia e na Polónia, confirmados em javalis silvestres nas proximidades da fronteira com a Bielorrússia, a Rússia decidiu em finais de Janeiro passado proibir a entrada de porcos vivos, carne e certos produtos transformados procedentes de qualquer país da União Europeia (UE).

Não deixa de ser surpreendente a decisão da Rússia, que mantém uma postura exageradamente severa com a UE, enquanto ao mesmo aceita as importações da Bielorrússia e até da Ucrânia, países nos quais foram confirmados numerosos casos da mesma doença, para além da propagação no território russo.  

A UE iniciou formalmente a disputa na OMC com o qual se abre um período de 60 dias para que entre a Rússia e a UE se possa encontrar uma solução. Se após este tempo não se encontre, a UE pode solicitar um painel para que a OMC tome uma decisão sobre a legalidade das medidas russas. Este embargo russo já levou a uma redução das exportações comunitárias em 25 por cento.

 

Fonte: Agrodigital

 
 
09-04-2014
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares