Notícias > Holanda: Detectado antibiótico proibido em alimentação animal
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Holanda: Detectado antibiótico proibido em alimentação animal

A Autoridade Holandesa de Segurança Alimentar (Nvwa) deu inicio a uma inspecção a uma fábrica de alimentos para animais localizada em Lipik, depois de ter verificado que a empresa vendia alimentos para animais contendo um antibiótico proibido na União Europeia, a furazolidona.

Esta notícia chegou aos meios de comunicação holandeses que logo intitularam a situação como “o novo escândalo no sector das carnes”. Não obstante, apesar de só agora estar a ser  dada mais cobertura à notícia, tudo começou em Abril, quando o Nvwa ao inspeccionar várias explorações detectou a presença de furazolidona na urina de bezerros (animais de engorda) e numa fazenda de gado leiteiro.

As primeiras pesquisas de rastreabilidade conduziram a um fornecedor de alimentação, onde se comprovou a presença de vestígios do antibiótico em um lote de alimentos para animais. Foram encontradas doses de alimentação contaminada em 97 explorações de suínos, especialmente do leste da Holanda, 5 explorações de bezerros e 11 explorações na Alemanha. Como resposta, a Nvwa proibiu entradas e saídas de todas as explorações holandesas afetadas.

A furazolidona trata-se de um antibiótico contra infecções intestinais e é produzida por bactérias como a Salmonella e a E. coli, sendo que desde 1995 que é proibida a sua utilização na União Europeia, em bovinos.

Até ao momento, é ainda desconhecida a origem da furazolidona detectada na alimentação animal.

Fonte: Agrodigital

 
 
29-07-2014
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares