Notícias > Embargo russo custa 16,7 milhões a Portugal
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Embargo russo custa 16,7 milhões a Portugal

O bloqueio russo aos produtos agro-alimentares da União Europeia (UE) terá "impactos directos" em Portugal na ordem dos "16,7 milhões de euros".

O valor, avançado pelo ministério da Agricultura ao Diário Económico, faz parte do dossier que o Governo português leva hoje a Bruxelas, onde os 28 irão debater eventuais indemnizações aos produtores e agricultores europeus afectados.

"Portugal acompanhará de perto o accionar do fundo de gestão de crises da UE e focará o seu interesse nos sectores atingidos pelas sanções", indica fonte oficial do ministério de Assunção Cristas. O fundo especial de Bruxelas tem 400 milhões de euros disponíveis para este tipo de crises, um envelope que poderá ser pequeno para compensar as exportações agro-alimentares da UE para a Rússia, avaliadas em 11 mil milhões de euros no ano de 2013.

Quando comparado com a Polónia ou os países bálticos, Portugal é um dos países menos afectados pelo embargo alimentar russo, que durará um ano. As exportações directas para a Rússia rondam os 50 milhões de euros anuais, com menos de um terço a ficar agora na lista negra do Kremlin. "Carne de porco e derivados, leite e lacticínios e frutas" figuram entre os produtos com maiores perdas, avança fonte oficial. Enquanto que João Machado, presidente da Confederação de Agricultores de Portugal (CAP), aponta a exportação de "pêra rocha" como a mais afectada pelo bloqueio comercial.

O Governo indica que estão a ser "equacionadas medidas de abordagem de mercados alternativos" ao russo, mas deixa uma nota optimista: "A reconhecida qualidade dos produtos europeus irá certamente ser um factor decisivo de levantamento das sanções aos produtos agrícolas da UE, retomando as trocas comerciais entre Portugal e a Federação Russa".

Fonte: Económico

 
 
14-08-2014
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares