Notícias > EUA: exportações de leite em pó alcançam recorde
  Voltar Imprimir
 

 

 
  EUA: exportações de leite em pó alcançam recorde

As exportações de leite em pó desnatado dos Estados Unidos alcançaram em Junho níveis recordes, chegando às 60 000 toneladas pelo segundo mês consecutivo. Novamente, as vendas ao México (24 735 toneladas, +72% em relação ao ano anterior) foram particularmente fortes. O Vietnam (6 432 toneladas, +244%) também foi um importante comprador.

Na primeira metade do ano, as exportações de leite em pó desnatado dos Estados Unidos foram de 300 764 toneladas, 13% a mais que o recorde de 2013.

Nesta primeira metade do ano, do total de leite em pó processado nos Estados Unidos, 55% foi para exportação. As exportações de leite em pó integral foram mais que o dobro das registadas no mesmo período de 2013. Os envios de Janeiro a Junho alcançaram as 30 292 toneladas, +132%. Os volumes exportados de queijo foram também elevados. Com os envios de Junho a totalizarem 33 930 toneladas, 33% a mais que no ano anterior e o segundo maior volume já registrado. Pelo terceiro mês consecutivo, o maior cliente foi a Coreia do Sul; no segundo trimestre, os Estados Unidos exportaram 21 047 toneladas à Coreia do Sul, 62% a mais que no ano anterior. As vendas ao Japão também sofreram aumentos significativos, com as exportações no segundo trimestre a atingir as 18 033 toneladas. Na primeira metade do ano, as exportações de queijos dos Estados Unidos totalizaram 199 013 toneladas, 34% a mais que o ritmo recorde do ano anterior.

Com a reversão nas relações de preços (os preços da manteiga dos Estados Unidos mais caros que as ofertas da Oceânia ou da Europa), as exportações de manteiga dos Estados Unidos desaceleraram consideravelmente, tendo sido as vendas no segundo trimestre -36% do que as vendas no primeiro trimestre.

Após o pico de Março, as exportações de soro do leite declinaram por três meses consecutivos. Em Maio-Junho, as exportações foram 6% menores do que no ano anterior, com as vendas de concentrado de proteína do soro do leite, em particular, a cair 14%. As exportações de lactose também diminuíram, sendo que, no segundo trimestre, o volume exportado de lactose foi 13% menos que no ano anterior.

Em valor, as exportações de lácteos em Junho foram de US$ 669,2 milhões, 14% a mais que no ano anterior. O que faz com que as vendas deste ano, até agora, tenham alcançado US$ 3,92 bilhões, +26%.

No total, os fornecedores dos Estados Unidos enviaram 182 743 toneladas de leite em pó, queijo, manteiga, soro de leite e lactose em junho, +6% que no ano anterior. Na primeira metade do ano, o volume agregado de produtos foi de 1 078 272 toneladas, +14%.

As exportações dos Estados Unidos (em uma base de sólidos totais do leite) foram equivalentes a 17,3% da produção de sólidos do leite em Junho. No que toca a importações, foram equivalentes a apenas 2,7% da produção.

Fonte: ANIL / Conselho de Exportações de Lácteos dos Estados Unidos (USDEC)/ MilkPoint Brasil

 
 
25-08-2014
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares