Notícias > Exportações europeias de açúcar podem quadriplicar
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Exportações europeias de açúcar podem quadriplicar

Encontra-se anunciado para 2017 o fim das quotas de açúcar, podendo este levar a um aumento na produção da União Europeia (UE) de tal ordem que colocaria os países europeus no topo dos maiores produtores do mercado mundial.

De acordo com a consultora Agritel, o fim das quotas pode levar a Europa a quadruplicar as suas exportações de açúcar.

Com a reforma da Organização Comum de Mercado (OCM), em 2006, a produção comunitária reduziu cerca de 30% e colocou a União Europeia como o terceiro produtor mundial, com 15 milhões de toneladas, depois do Brasil, com 40 milhões, e da Índia, com um total de 25 milhões de toneladas.

Dado o aumento do consumo por parte da China e de África, a procura mundial de açúcar poderá aumentar cerca de 40% até 2023, e segundo a Agritel, isto é uma oportunidade de crescimento para o sector de produção de açúcar comunitário, assim como também para aumentar a presença no mercado internacional.

A previsão da consultora é de que as exportações da UE possam passar dos atuais 1,5 milhões de toneladas para 5 a 6 milhões.

Fonte: Vida Rural

 
 
06-02-2015
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares