Notícias > Fileira do porco alentejano é «essencial» para a economia de Ourique
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Fileira do porco alentejano é «essencial» para a economia de Ourique

 A fileira do porco alentejano abrange todos os sectores de actividade e é «essencial» para a economia de Ourique, que se afirma como a "capital" e aposta na promoção daquela carne, disse o presidente do município, Pedro do Carmo.

«É uma fileira transversal a todos os sectores de actividade e essencial para a dinâmica da economia do concelho», afirmou o presidente da Câmara de Ourique, em declarações à agência Lusa

O autarca falava a propósito da Feira do Porco Alentejano, que irá decorrer entre sexta-feira e domingo, com iniciativas em vários locais da vila de Ourique, sobretudo no recinto principal, o Pavilhão Multiusos, onde vão estar cerca de 145 expositores.

Para o autarca, a fileira do porco de raça alentejana envolve os sectores, do primário, através da produção de porco, secundário, ou da transformação da carne em produtos derivados, e terciário, através da prestação de serviços e da comercialização de produtos relacionados.

No concelho, indicou, existem explorações agro-pecuárias que produzem e pequenas e médias indústrias que transformam a carne de porco de raça alentejana e Ourique «tem-se afirmado como uma referência gastronómica à base do porco alentejano».

Assim, a câmara «aposta» na estratégia de afirmação de Ourique, no distrito de Beja, como «capital do porco alentejano» e na promoção nacional e internacional daquela carne junto de mercados «fundamentais» para a dinamização da fileira.

A Feira do Porco Alentejano «tem vindo a crescer de forma consolidada» e este ano, apesar da crise, «vai ser a maior de sempre pelo número de expositores e também se espera que seja pelo número de visitantes», destaca o autarca.

«Aumentámos significativamente a área de expositores» da feira deste ano, mas, mesmo assim, «muitas empresas ficaram de fora», porque houve «um grande interesse» de empresas em participar e não havia capacidade logística para mais expositores, disse.

A feira, organizada pela Câmara de Ourique conjuntamente com a Associação de Criadores de Porco Alentejano pretende «afirmar» a vila como a «capital do porco alentejano» e promover a fileira e «a qualidade» dos produtos derivados da carne daquela raça, explicou.

Fonte: Lusa 

 
 
17-03-2015
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares