Notícias > Crescimento do comércio reduzirá consideravelmente
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Crescimento do comércio reduzirá consideravelmente

Os dados das trocas comerciais em 2015 e as estimativas para 2016 deverão ser revistos em baixa, segundo a Organização Mundial do Comércio (OMC). Num encontro com a imprensa, Roberto Azevêdo, diretor geral da OMC, confirmou estas previsões, alegando que o comércio normalmente segue a tendência da economia e que esta não está a crescer.

Apesar de países como os Estados Unidos da América estarem e ter uma evolução muito positiva, na Europa e no Japão a situação é distinta. “Temos que levar em conta que a Europa representa um terço do comércio mundial, portanto o que afeta a Europa afeta o resto", sublinhou. Já do lado dos países emergentes, enquanto a Índia apresenta um forte dinamismo, na China assiste-se ao menor ritmo de crescimento dos últimos 25 anos. "Há quem diga que estes níveis de crescimento da China estão para ficar. Precisamos ver ainda se é só uma tendência ou um ciclo".

No final de 2014, a OMC projetou que o crescimento das exportações em 2015 se situaria nos 4%, valor que já representava uma revisão em baixa da estimativa inicial de 5,3%. Os novos dados serão, agora, divulgados em 14 de abril e, caso as estimativas fiquem abaixo, o crescimento do comércio reduzirá consideravelmente a média de 5,2% ao ano das últimas duas décadas.

Fonte: Revista Grande Consumo / ANIL

 
 
06-04-2015
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares