Notícias > Produção de azeite sofre quebra de 32% face à campanha anterior
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Produção de azeite sofre quebra de 32% face à campanha anterior

A produção de azeite da campanha de 2014-2015, estimada em 61 mil toneladas, sofreu uma quebra de 32% face à campanha anterior, de acordo com os resultados dos Inquéritos aos Lagares de Azeite e aos Industriais de Azeitona de Mesa publicados pelo Ministério da Agricultura.

Com uma produção a exceder as 90 mil toneladas, a última campanha de azeite havia sido a mais elevada dos últimos 50 anos. De acordo com os dados divulgados, a quebra da produção na campanha de 2014-2015 terá resultado “de um ano de contrassafra e de condições meteorológicas e fitossanitárias desfavoráveis para a produção de azeitona, principalmente nos olivais tradicionais de sequeiro, que representarão cerca de 80% da área total nacional de olival para azeite: a quantidade de azeitona entrada nos lagares diminuiu significativamente, as fundas foram inferiores e a percentagem de azeite virgem extra obtido também foi menor.”

Foram registadas queras de produção em todas as regiões, mas as quedas terão sido maiores nas regiões do Algarve, Centro e Lisboa e Vale do Tejo, de acordo com o inquérito. A região Norte, a segunda região produtora com cerca de 19% do total nacional, foi a que registou menor quebra. A região Alentejo, que representa cerca de 65% da produção nacional, registou uma quebra intermédia.

Fonte: Vida Rural

 
 
29-04-2015
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares