Notícias > Governo açoriano cede terrenos para produção de meloa de Santa Maria
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Governo açoriano cede terrenos para produção de meloa de Santa Maria

O Governo açoriano anunciou que vai ceder 54 mil metros quadrados de terrenos na zona do aeroporto de Santa Maria para a produção de meloa da ilha, recentemente classificada por Bruxelas como produto com Indicação Geográfica Protegida (IGP).

A decisão foi tomada pelo Conselho do Governo Regional dos Açores que se reuniu em Santa Maria na segunda-feira à noite, tendo sido anunciada pela secretária regional Isabel Rodrigues, em conferência de imprensa em Vila do Porto.

Os terrenos serão cedidos à Agromariense - Cooperativa de Produtores Agro-precuários da Ilha de Santa Maria e a sua concessão está «Integrada num projecto de desenvolvimento» da meloa local e estimular a sua produção, com o objectivo de atingir as 400 toneladas anuais.

Entre as medidas aprovadas para Santa Maria encontra-se ainda a realização de um estudo sobre a viabilidade da produção de queijo de ovelha ou de mistura, atendendo à "expressão" deste tipo de gado nesta ilha.

«Esta é uma iniciativa que se insere no âmbito da promoção da diversificação agrícola», segundo explicou Isabel Rodrigues. O Governo dos Açores aprovou, por outro lado, uma série de apoios a entidades locais e a iniciativas que terão lugar em Santa Maria nos próximos meses, como festivais de música ou provas desportivas, entre outras.

O Conselho do Governo Regional aprovou intervenções a nível de piso e sistemas de drenagem em 40 quilómetros de caminhos agrícolas e florestais de Santa Maria que considera terem «interesse estratégico para a agricultura mariense».

Fonte: Lusa

 
 
06-05-2015
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares