Notícias > 35% do consumo privado dos portugueses destinado ao retalho
  Voltar Imprimir
 

 

 
  35% do consumo privado dos portugueses destinado ao retalho

O estudo “European Retail in 2015″, realizado pela GfK, revela que os portugueses dedicaram 35% da totalidade das suas despesas privadas ao retalho, no ano de 2014.

O consumo privado das famílias portuguesas regista um crescimento contínuo desde 2013, depois de permanecer em queda desde 2010.

Ao contrário do observado na Polónia, que viu o sector do retalho a estagnar devido ao estabelecimento do e-commerce, com um crescimento de apenas 0,2% em 2014, em Portugal a consolidação do comércio online fez com que os negócios em loja caíssem 1,1%.

A Gfk prevê que Portugal, a par de Itália e Eslovénia, continue a sofrer perdas  em 2015. Desta forma, o volume de negócios de retalho em Portugal cái 1% em 2015, redução prevista também para a Grécia, assumindo que o país não abandona a União Monetária Europeia.

Por outro lado, a Espanha registou um crescimento do volume de negócios efectuados em loja de 0,8% em 2014, pelo que se prevê que este valor cresça 0,3% em 2015.

A dinamização do comércio online pressiona as vendas nas lojas da Europa, que assiste à estagnação das vendas no retalho. Este ano, o volume de negócios cresce apenas 0,5% nos países da União Europeia a 28, valor que ascende a uma média de 0,8% quando todos os 32 países avaliados no estudo são tomados em consideração.

Fonte: Hiper Super

 
 
22-05-2015
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares