Notícias > UE perde terreno na exportação de leite em pó desnatado e manteiga
  Voltar Imprimir
 

 

 
  UE perde terreno na exportação de leite em pó desnatado e manteiga

A União Europeia continua a batalha no mercado de exportação de lacticínios, apesar das grandes dificuldades existentes.

Países como a China e Argélia reduziram a sua procura de leite em pó desnatado, que que se traduziu em menos exportações comunitárias, com quebras de nove por cento no primeiro semestre de 2015 em comparação com o mesmo período do ano anterior.

O veto russo levou as exportações da União Europeia (UE) de queijo a baixaram 100 mil toneladas entre Julho de 2014 e Junho de 2015 em relação com o período precedente. No entanto, a Europa mantem uma forte posição no mercado internacional de queijo, com exportações crescentes para os Estados Unidos e Japão.

Em relação à exportação de outros lacticínios, a UE alcançou um crescimento recorde devido à queda de preços. Estos aumentos registaram-se no soro, fórmulas infantis, concentrado de proteínas de soro e, em particular, leite desnatado em pó, cujas exportações cresceram em 75 por cento em comparação com o primeiro semestre de 2015.

A UE consolidou a sua posição dominante na exportação de lacticínios frescos como o leite e creme, enquanto perde terreno nas saídas de manteiga e óleo de manteiga, onde a Nova Zelândia é a líder.

Fonte: Agrodigital

 
 
22-10-2015
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares