Notícias > Diversas grandes cadeias de distribuição não assinaram o Código de Boas Práticas da Cadeia Alimentar
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Diversas grandes cadeias de distribuição não assinaram o Código de Boas Práticas da Cadeia Alimentar

O Ministério da Agricultura de Espanha assinou o Código de Boas Práticas da Cadeia Alimentar. Enquanto o sector produtor e industrial estava completo, no sector da distribuição houve duas ausências.

As associações ANGED e ACES, que têm parceiros como o El Corte Inglés, Hipercor, Supercor, Carrefour, Alcampo, Eroski, Simply ou Lidl, não assinaram o acordo. As duas já se abstiveram na votação na qual se aprovou o Código durante a última reunião do Observatório da cadeia Alimentar.

As mesmas, manifestaram ao Agrodigital, que o Código contém elementos muito importantes para equilibrar as relações comerciais entre as Pequenas e Médias Empresas (PME) e o sector agrícola com os grandes grupos industriais e da distribuição, mas que o mesmo pode produzir disfunções quando se aplica às relações entre grandes empresas da indústria e distribuição. Por este motivo, decidiram abster-se na votação, aguardando uma análise mais profunda sobre as implicações que tem este Código no âmbito dos grandes grupos.

Ambas defendem que nas relações comerciais entre as grandes empresas da indústria e distribuição não existe tal desequilíbrio, sempre que o nível de concentração e a capacidade de negociação das grandes corporações alimentares são ainda superiores aos da distribuição.

A ASEDAS assinou o acordo, associação na qual estão o DIA, Mercadona, grupo IFA, Consum, Ahorra Más, SPAS e Coviran, entre outros.

Fonte: Agrodigital

 
 
26-11-2015
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares