Notícias > O que vai aumentar em 2016
  Voltar Imprimir
 

 

 
  O que vai aumentar em 2016

Os portugueses contam, desde Janeiro de 2016, com aumentos nos preços de electricidade, pão, rendas ou telecomunicações, enquanto os preços do gás, do leite e dos transportes públicos deverão manter-se.

 

Os preços do gás e do leite deverão manter-se, uma vez que, no primeiro caso, a actualização tarifária só acontece a 1 de Julho para os consumidores que se mantêm no mercado regulado.

 

Em relação ao leite, a associação do sector diz que até ao final do primeiro semestre o preço do leite não deverá sofrer alterações «a não ser que haja situações anormais que afectem o sector», como um clima adverso ou subidas da matéria-prima, disse o presidente da Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL), Paulo Costa Leite.

 

O preço do pão deverá ter «pequenos ajustamentos de dois a três por cento em 2016», o que significa cerca de meio cêntimo por carcaça, disse o presidente da Associação do Comércio e da Indústria de Panificação, Pastelaria e Similares (ACIP), José Francisco Silva.

 

O preço da água subiu em média 33 cêntimos por mês para a maioria dos clientes domésticos da EPAL, desde 1 de Janeiro, mas mantém-se a tarifa social e a familiar.

 

As tarifas de electricidade no mercado regulado subiram 2,5 por cento para os consumidores domésticos, o que representa um aumento de 1,18 euros numa factura média mensal de 47,6 euros.

 

Já a tarifa social para os consumidores considerados economicamente vulneráveis terá um acréscimo de 0,9 por cento, o que corresponde a um aumento de 19 cêntimos numa factura média mensal de electricidade de 21,5 euros.

 

As tarifas transitórias para os cerca de 1,9 milhões de consumidores que ainda não migraram para o mercado liberalizado aplicam-se a partir de 1 de Janeiro de 2016 e vigoram durante todo o ano.

 

As tarifas transitórias do gás natural ficam inalteradas, uma vez que actualização tarifária no gás natural só acontece a 1 de Julho para os consumidores que se mantêm no mercado regulado.

 

Fonte: Jornal de Notícias

 
 
04-01-2016
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares