Notícias > Situação da colheita de trigo no mundo
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Situação da colheita de trigo no mundo

O mercado cereais sente a pressão das boas condições de colheitas de trigo no mundo, me especial nos Estados Unidos, com uma melhor situação do que o esperado

 

Apenas, uma queda de rendimento em conjunto com um forte aumento da procura poderá alterar nas cotações, segundo a avaliação de Toño Catón, Director de Culturas Arvenses das Cooperativas Agroalimentarias.

 

Os Estados Unidos esta campanha cultivaram menos dois milhões de hectares de trigo em relação à passada, porém, dadas as elevadas existências de início da campanha e considerando um rendimento médio, em 2016/2017 conta-se com uma oferta superior a 2015/2016.

 

Em relação à situação dos trigos na Europa, incluindo o Mar Negro, a situação continua favorável, assinalou Toño Catón. Em França, 92 por cento do trigo está em excelente estado. Na Rússia e na Ucrânia a colheita será menor devido à redução da superfície, já que as culturas avançaram com condições meteorológicas muito desfavoráveis devido à falta de água. Na Ucrânia espera-se uma colheita de trigo de cerca de 18 milhões de toneladas, frente aos 27,27 milhões de 2015. Na Rússia prevê-se uma colheita de 23 milhões de toneladas. O mercado russo de exportação está muito activo já que a desvalorização já que os preços russos resultam muito competitivos, destaca Catón. As exportações russas de trigo chegara a 20,58 milhões de toneladas em Março frente aos 19,5 milhões na mesma data da campanha anterior.

 

No norte de África, Marrocos atravessa uma situação difícil. A seca pode levar à perda de cerca de metade da colheita de trigo, que poderá ser a pior colheita dos últimos oito anos, ponderando cerca de 3,7 milhões de toneladas frente aos oito milhões da campanha anterior. Marrocos terá que aumentar as suas importações em mais de quatro milhões de toneladas. Perante esta situação, França reviu em alta as suas previsões de exportação em 500 mil toneladas.

 

O Egipto proibiu as importações desde Abril até Julho, coincidindo com a sua colheita, de forma a promover o consumo de trigo nacional. A última compra foi a seis de Abril, de 60 mil toneladas de trigo francês a um preço de 192,34 dólares a tonelada, o valor mais alto em sete semanas, recorda Catón.

 

Fonte: Agrodigital

 
 
18-04-2016
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares