Notícias > UE exporta mais carne de frango desde o início do ano mas mais barato
  Voltar Imprimir
 

 

 
  UE exporta mais carne de frango desde o início do ano mas mais barato

A produção de carne de ave na União Europeia em 2016 prevê-se que aumente ligeiramente frente a 2015, com a mais quatro por cento, até atingir 13,37 milhões de toneladas.

No caso da produção de frangos, que supõe 80 por cento do total de carne de ave o crescimento esperado é superior, de mais 1,7 por cento, até 11.504 milhões de toneladas, de acordo com os dados apresentados pela Comissão Europeia na última reunião da Organização Comum de Mercados (OCM) de produtos pecuários.

Os preços dos frangos viram-se pressionados para uma baixa. Na semana 13, o preço médio na União Europeia (UE) foi de 179 euros por 100 quilos, o que supõe menos 4,8 por cento em relação ao ano anterior.

As exportações de frangos nos primeiros meses do ano registaram um bom ritmo, com um aumento de 4,6 por cento em comparação com o período homólogo do ano anterior, até um total de 228.207 toneladas. As exportações cresceram para todos os destinos, à excepção de Benim. O principal cliente das exportações comunitárias é a África do Sul, seguida pelas Filipinas e Arábia Saudita. No entanto, apesar do aumento de volume, em valor desceu 8,8 por cento.

As importações comunitárias de frangos aumentaram nos primeiros meses de 2016 4,5 por cento em volume, até 144.960 toneladas, pelo que a União Europeia tem uma balança comercial positiva. Os dois principais fornecedores da UE, Brasil e Tailândia representam 90 por cento do total mas, em valor, as importações desceram -5,5 por cento.

A Ucrânia está a converter-se num importante parceiro comercial da UE. Em 2015, as suas exportações para a UE aumentaram seis por cento até 3.821 toneladas, embora esta quantidade vá aumentar no futuro já que a Ucrânia beneficia de tarifas específicas, ou seja, de uma quota de 17 mil toneladas de carne de aves e outra de 20 mil toneladas de frango congelado. Actualmente, o sector avícola da UE vê a Ucrânia como um sério concorrente.

Fonte: Agrodigital

 
 
10-05-2016
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares