Notícias > Conselho Internacional de Cereais estima produção recorde para trigo e milho
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Conselho Internacional de Cereais estima produção recorde para trigo e milho

O Conselho Internacional de Cereais estima uma produção mundial de cereais de 2.084 milhões de toneladas na sua informação de Novembro, tratando-se de um valor recorde que reflecte um crescimento anual de 80 milhões de toneladas.

O Conselho Internacional de Cereais (CIC) reviu em alta o consumo, com mais dois milhões de toneladas frente aos valores de Outubro, chegando a 2.056 milhões de toneladas, mais 73 em milhões em relação à campanha passada e as existências de 504 milhões de toneladas, mais 29 milhões que a campanha passada.

Em relação com o valor médio desde de 2002, a produção mundial estimada pelo CIC é quase 20 por cento mais elevada que a média, o consumo 18 por cento superior, as existências mais 40 por cento e as exportações 33 por cento acima da média.

Em relação ao trigo, o oferta continua em crescimento e novamente com valores recorde, tanto em consumo, como produção e existências, com uma colheita recorde de 749 milhões de toneladas, mais um milhão em relação a Outubro e mais 12 milhões que em 2015. O consumo chega a 736 milhões de toneladas, sem mudanças frente a Outubro, mas com mais 16 milhões de toneladas que em 2015, 13 por cento acima da média. As existências são de 235 milhões de toneladas, mais dois milhões frente a Outubro, mais 13 milhões que na campanha passada e 39 por cento acima da média.

A proporção entre existências e consumo a nível mundial segue em crescimento, em Novembro é de 31,93 por cento. Um rácio de 20 por cento reflecte tranquilidade no mercado, sendo que abaixo desse valor é arriscado e considerado um mercado em alta.

O milho também apresenta produção, consumo e existências recorde. A estimativa de produção prossegue em crescimento devido aos resultados dos Estados Unidos da América (EUA), Rússia e Brasil. Um valor recorde com 1.942 milhões de toneladas, que são sete milhões a mais em comparação a Outubro, mais 71 milhões de toneladas em relação a período homólogo do ano anterior e 29 por cento acima da produção média de 2002.

O consumo seria de 1.026 milhões de toneladas, ou seja, mais três milhões que em Outubro, um aumento de 56 milhões de toneladas que na campanha passada e 27 por cento acima da média. As existências registam 224 milhões de toneladas, mais três milhões frente ao mês de Outubro, 16 milhões que na campanha passada e 55 por cento sobre a média. O rácio existência/consumo dos dados mundiais é de 21,93 por cento.

Fonte: Agrodigital

 
 
28-11-2016
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares