Notícias > Área de cerejal do Fundão cresce 10 por cento ao ano
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Área de cerejal do Fundão cresce 10 por cento ao ano

A área de cerejal no Fundão, concelho onde se concentra uma das maiores áreas de produção de cereja do país, está a crescer a um ritmo de 10 por cento ao ano, disse o presidente da câmara local, Paulo Fernandes.

«Actualmente, o nosso concelho tem cerca de dois mil hectares de pomar plantados e, por ano, temos tido cerca de 200 hectares a entrar em produção, o que representa um crescimento anual de cerca de 10 por cento», referiu.

Paulo Fernandes falava, em declarações à agência Lusa, no final do leilão das primeiras cerejas do Fundão, iniciativa realizada ontem em Lisboa e durante a qual uma caixa de cerejas de dois quilos foi arrematada por 300 euros.

«É provavelmente um dos maiores preços de sempre, porque dá 150 euros por quilo. Confesso que, apesar da causa que vai apoiar, até eu fiquei surpreendido», disse Paulo Fernandes.

O valor angariado será canalizado para projectos de investigação que estão a ser realizados com o apoio deste município do distrito de Castelo Branco e que têm como objecto de estudo a cereja aplicada às áreas da saúde e bem-estar.

«A inovação e a investigação são componentes em que queremos apostar muito e, portanto, fico muito satisfeito com o sucesso desta iniciativa, até porque já é uma forma de mostrar que a cereja pode ser aplicada noutros sectores que vão para além do consumo do próprio produto em fresco ou até dos produtos derivados», referiu.

O autarca considerou ainda que as várias licitações que foram feitas e que triplicaram o valor base de lançamento, de 100 euros, também são representativas da valorização que a cereja do Fundão tem alcançado enquanto marca.

A caixa foi rematada pelo chef Vítor Sobral que, desta vez, optará por consumir as cerejas “ao natural” e juntamente com a sua equipa, em vez de as utilizar para confeccionar um prato.

«Vão ser as cerejas mais caras que já comemos», referiu, especificando que uma das suas especialidades é o arroz de tomate com cerejas e jaquinzinhos fritos. Segundo acrescentou, sempre que pode, privilegia a cereja do Fundão.

Fonte: Lusa

 
 
05-05-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares