Notícias > Maior parte do mirtilo produzido este ano já está vendida
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Maior parte do mirtilo produzido este ano já está vendida

A maior parte do mirtilo produzido este ano já está vendida, mas o presidente da sociedade de produtores Mirtulusa está confiante que não vai faltar fruto para a feira que decorre entre hoje e domingo em Sever do Vouga.

«De momento, não tenho stock, porque já tenho o fruto vendido. Tenho compromissos assumidos e tenho que os respeitar», disse o presidente da sociedade de produtores Mirtulusa, José Sousa.

O responsável da sociedade que surgiu há mais de 20 anos em Sever do Vouga para escoar o produto diz que, neste momento, já não há muita fruta, porque a campanha começou este ano mais cedo.

«Muitos produtores já acabaram a sua colheita. A campanha teve o seu pico há cerca de uma semana e, agora, já entrou em decadência», explicou.

Ainda assim, o presidente da Mirtilusa está confiante de que não vai haver falta deste fruto para a Feira do Mirtilo, adiantando que o produto comercializado durante o certame é «uma coisa residual».

«Antigamente, vendia-se muito fruto [durante a feira] quando era novidade no país. Chegámos a vender entre cinco e seis toneladas. Atualmente, todos os comerciantes juntos não vendem quatro toneladas», disse José Sousa.

Segundo o presidente da Mirtilusa, o mirtilo deverá estar à venda na feira a preços que variam entre os 6,5 euros e os 7,5 euros, por quilo.

José Sousa referiu ainda que a campanha deste ano está a decorrer «razoavelmente», adiantando que o resultado deverá ser «um bocadinho melhor» do que no ano passado, apesar dos estragos causados pelo granizo, em abril.

«Houve a queda de granizo e tivemos plantações muito afetadas. Os produtores da Mirtilusa tiveram uma quebra entre as 25 e 30 toneladas», adiantou.

A Mirtilusa prevê produzir este ano mais de 100 toneladas de mirtilo, sendo que 95% da produção destina-se à exportação.

A 10.ª edição da Feira do Mirtilo reúne cerca de 100 expositores e promete atrair mais de 50 mil visitantes a Sever do Vouga, que é considerada a Capital do Mirtilo.

O certame organizado pela câmara apresenta algumas novidades, como uma nova zona gastronómica, dedicada à 'street food'. O programa inclui concertos, 'workshops', 'showcookings' e visitas a pomares de mirtilos do concelho.

Para assinalar os dez anos do evento, a câmara preparou uma seleção de dez variedades de mirtilo, devidamente identificadas, que os visitantes poderão provar gratuitamente. 


Fonte: Lusa/AGROTEC

 
 
04-07-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares