Notícias > Suíça e Noruega principais destinos não comunitários das exportações de frutas e hortícolas da UE
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Suíça e Noruega principais destinos não comunitários das exportações de frutas e hortícolas da UE



A exportação de frutas e hortícolas da União Europeia (UE) para países terceiros ultrapassou em 2016 os 4.937 milhões de euros, tendo como primeiros destinos países europeus não comunitários.

Em destaque a Suíça, com 1.002 milhões de euros, a Noruega com 577,3 milhões e a Bielorrússia com 405 milhões de euros, de acordo com dados do Gabinete de estatísticas da União Europeia (Eurostat).

A exportação espanhola para a Suíça engloba uma ampla gama de produtos, correspondente a 607,4 milhões de euros a frutas e 385,2 milhões de euros a hortícolas.

Nas frutas, destaque para os citrinos com 144,8 milhões de euros. Figos, abacaxi e abacate com 77 milhões de euros e uva de mesa com 58 milhões. Em hortícolas destaca-se o tomate com 42,7 milhões de euros, a alface com 39,3 milhões e a batata com 38,7 milhões de euros.

A exportação para a Noruega em 2016 ascendeu a 351,4 milhões de euros no caso das frutas e 226 milhões em hortícolas. Para a Bielorrússia foram exportadas frutas por um valor de 300 milhões de euros e 105 milhões de hortícolas.

Depois destes três países, as exportações comunitárias de frutas e hortícolas em 2016 dirigiram-se principalmente aos Estados Unidos, com 242,2 milhões de euros, Brasil, com 226 milhões, Emirados Árabes Unidos, com 221 milhões, Egipto, com 199, Arábia Saudita com 182 e o Canadá com 104 milhões de euros.

Fonte: Agrodigital / Agronecocios

 
 
13-07-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares