Notícias > Sector da batata tem linha de crédito garantida para armazenagem
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Sector da batata tem linha de crédito garantida para armazenagem


O Governo aprovou ontem, 27 de Julho, em Conselho de Ministros, um Decreto-lei que permite a criação da “Linha de Crédito Garantida para Armazenagem da Batata”, destinada a apoiar necessidades de tesouraria dos operadores do sector, financiando a armazenagem do produto para venda posterior, em condições económicas mais favoráveis. O montante de crédito total a conceder é de 3 milhões de euros.

“Tendo em conta que os produtores de batata de conservação estão confrontados este ano com um forte desequilíbrio de mercado, que impôs uma descida do preço de venda do produtor para valores abaixo do custo de produção, a retirada de parte da produção do circuito comercial é a medida adequada para restabelecer o equilíbrio entre a oferta e a procura”, diz uma nota de imprensa do Ministério da Agricultura.

Por isso mesmo, o Governo “decidiu apoiar a armazenagem e a conservação da batata durante o período em que os preços estão mais baixos, permitindo desta forma que a produção seja ser lançada no mercado mais tarde, a preços mais elevados e compensadores”, explica a mesma nota do gabinete de Luís Capoulas Santos.

60 euros por tonelada

Esta linha de crédito, com um montante de 3 milhões de euros, estabelece um valor individual garantido de 60 euros por tonelada de batata armazenada. Todas as condições desta linha de crédito serão definidas em portaria conjunta do ministro das Finanças e do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, adianta a mesma nota.



Fonte: Agricultura e Mar

 
 
28-07-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares