Notícias > Projeção de população jovem da China trocar chá por café
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Projeção de população jovem da China trocar chá por café


O crescimento do consumo de café está a chamar a atenção das redes de grandes marcas, embora os volumes permaneçam baixos segundo os padrões globais, uma mudança para o café no país mais populoso do mundo, que é também o maior consumidor de chá, poderia ter um enorme impacto ao longo do tempo.


O mercado chinês do café cresceu várias vezes mais rapidamente do que a média global na década finalizada em 2013-2014, de acordo com os dados da Organização Internacional do Café (OIC), à medida que o país prosperava com a urbanização, o crescimento da classe média e o aumento da rendimento.

As vendas de chá no mercado a retalho continua a superar as do café em "10 para 1", mas o crescimento do consumo reflete uma expansão anterior no Japão, que se tornou o quarto maior consumidor de café do mundo na década de 2000.

"Se você analisar a curva de crescimento no Japão entre 1963 e 1973, verá que é praticamente a mesma que a da China na década finalizada em 2014", disse Joseph Reiner, chefe de café da Cofco International, uma unidade da principal empresa de alimentos da China.

O mercado chinês de café, de US$ 1,1 biliões, é dominado pela Nestlé, com uma participação de 66 por cento, de acordo com a Euromonitor International. A maior empresa de alimentos do mundo diz que é otimista em relação às perspetivas de consumo e projeta que a China se tornará um dos principais países consumidores de café.

Embora a procura chinesa ainda seja uma fração do consumo dos EUA e menos da metade do consumo do Japão, o potencial de crescimento significa que as redes de retalho já se posicionam por uma posição. A Starbucks está no país há quase 20 anos e tem cerca de 2.800 pontos de venda. No mês passado a empresa informou que chegara a acordo com os seus parceiros, numa joint venture no leste da China, assumindo o controlo de aproximadamente 1300 cafeterias.

A OIC estima que a procura chinesa por café aumentou em média 16 por cento ao ano no período de 10 anos até 2013-2014, comparado com o crescimento global de cerca de 2 por cento, estimou o Departamento de Agricultura dos EUA.



Fonte: Revista Cafeicultura

 
 
11-08-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares