Notícias > Central de Mortágua transforma 137 mil toneladas de ‘lixo’ florestal em eletricidade
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Central de Mortágua transforma 137 mil toneladas de ‘lixo’ florestal em eletricidade


A central de Mortágua transforma anualmente 137 mil toneladas de ‘lixo’ florestal em eletricidade, o suficiente para cinco meses de consumo doméstico de energia no concelho de Coimbra, além de contribuir para a redução de risco de incêndio.

Localizada numa zona florestal junto à Barragem da Aguieira, no lugar do Freixo, a Central de Biomassa Florestal de Mortágua recebe diariamente cerca de 30 veículos pesados com ‘lixo’ florestal, proveniente da limpeza de matas e que servirá de combustível para produção de energia elétrica.

A Central de Biomassa Florestal de Mortágua foi inaugurada em 1999, sendo no setor da energia renovável a primeira central a produzir energia elétrica a partir da biomassa florestal.

“A biomassa é um combustível muito heterogéneo e temos de ter um padrão de qualidade, que depende da forma como é tratada na floresta e da percentagem de humidade, que deve ser entre 25 a 35%, e a quantidade de inertes: areias e pedras que vêm agregadas”, explicou Silva Lopes, da direção de Cogeração e Biomassa da EDP.

Em termos de emprego em zona rural, cria um total de 28 postos de trabalho diretos e mais de 100 indiretos (quem faz limpeza e destroçamento da biomassa, quem conduz os camiões que a traz, entre outros).



Fonte: Observador

 
 
16-08-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares