Notícias > Queda nas exportações comunitárias de frutas e produtos hortícolas
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Queda nas exportações comunitárias de frutas e produtos hortícolas


O volume de frutas e produtos hortícolas exportados pela União Europeia para países terceiros diminuiu 7% no primeiro semestre do ano. Em valor, a queda foi de 1%, em comparação com o mesmo período de 2016.

No total, foram exportados 2,9 milhões de toneladas e 2.408 milhões de euros, de acordo com os últimos dados atualizados pelo Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat), processados pela Fepex.

As exportações comunitárias de frutas para países terceiros caíram 8% em volume, totalizando 1,8 milhões de toneladas, e o valor cresceu 1%, totalizando 1.454 milhões de euros. Os principais frutos enviados são maçã e pera, com um milhão de toneladas (-7%) e 497 milhões de euros (-6%), e citrinos, com 331.894 toneladas (-11%) e 227,1 milhões de euros (+2%).

As exportações comunitárias de produtos hortícolas totalizaram 1,1 milhões de toneladas (-7%) e 953,4 milhões de euros (-3%). As maiores vendas de produtos hortícolas para países terceiros foram de cebola e alho, com 390.047 toneladas (+7%) por um valor de 145 milhões de euros (-24%), e de batatas, com 361.355 toneladas (-13%) por um valor de 161,7 milhões de euros (-7%).

O principal beneficiário de frutas e produtos hortícolas comunitários foi a Bielorrússia, com 700.605 toneladas, 6,6% inferior ao mesmo período de 2016. Seguem-se a Suíça, com 340,524 toneladas (-4,5%), e a Noruega, com 183,215 toneladas (-18%).

De acordo com a Fepex, os números do primeiro semestre mantêm a tendência de queda já observada em 2016, quando também diminuíram 9% em relação a 2015, totalizando 6,5 milhões de toneladas, refletindo "a dificuldade de acesso a novos mercados".



Fonte: Grande Consumo

 
 
20-09-2017
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares