Notícias > Informação do USDA afeta os mercados do trigo e milho para baixo
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Informação do USDA afeta os mercados do trigo e milho para baixo


A informação de previsões de colheita do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos da América, correspondente ao mês de janeiro não deixou os mercados indiferentes.

Os futuros de trigo de Chicago caíram 3 % depois do aumento das existências do final da campanha de trigo nos Estados unidos da América (EUA), mais 790 mil toneladas em comparação com os valores de dezembro, situando-se nas 29,92 milhões de toneladas, como consequência de uma descida do consumo em 660 mil toneladas, para 30,26 milhões de toneladas.

O declínio das cotações aconteceu apesar do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) avançar com um número de plantações de trigo de inverno, que é a mais baixa desde 1909, ou seja, o valor mais baixo em 109 anos. Para a colheita de 2018, prevê-se o cultivo de 32,61 milhões de hectares, menos 88 mil que no ano anterior.

O mercado de milho também foi afetado pela baixa como consequência de maiores resultados de existências finais da campanha, tanto nos EUA como a nível mundial. As existências dos EUA foram revistas em alta, com mais 1,03 milhões de toneladas situando-se nos 62,93 milhões e a nível global em 2,49 milhões de toneladas para 206,57 milhões, fundamentalmente devido a um menor consumo.

O grande beneficiado nos mercados foi a soja, cujos futuros para março subiram 0,5 % na Bolsa de Chicago na passada sexta-feira, como consequência de uma menor estimativa de produção nos EUA. A informação de janeiro prevê 119,52 milhões de toneladas de produção de soja nossa EUA, o que supões menos 920 mil toneladas em comparação à informação de dezembro.






Fonte: CONFAGRI / Agrodigital

 
 
16-01-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares