Notícias > Leite sem lactose dita tendência de mercado
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Leite sem lactose dita tendência de mercado


O leite sem lactose continua a apresentar crescimentos significativos ano após ano. Estamos perante uma nova era, uma nova tendência de consumo em que o cliente privilegia cada vez mais produtos simples, mais naturais e mais saudáveis. Esta mudança nos hábitos alimentares, diz a Parmalat, desempenha um papel fundamental no momento da escolha e consequente compra dos produtos, estando o consumidor predisposto a pagar mais para satisfazer as suas novas necessidades.

Segundo a consultora Nielsen, em 2017 o mercado de leite parece ter estabilizado os níveis de faturação no retalho alimentar isto após vários anos consecutivos de decréscimos. Caso dependesse apenas das marcas de fabricante, diz a Nielsen que o mercado total estaria mesmo a crescer, uma vez que estas estão dinâmicas, tanto em valor como em quantidade, beneficiando das novas ofertas de produtos apresentadas ao mercado. “A nova oferta tem aumentado a variedade de produto disponível para o consumidor e contribuído para uma imagem renovada do mercado de leite”, disse Cláudio Batista, client development senior da Nielsen, indo claramente de encontro ao que nos “confessou” a Parmalat.

Diz ainda Cláudio Batista que o mix promocional utilizado contribuiu para o crescimento e valorização das marcas de fabricante face a 2016, recorrendo a mecânicas diferentes e diminuindo a profundidade média de desconto. “Desta forma, houve um aumento dos volumes vendidos, sem prejudicar o preço médio da categoria”.



Em termos de segmentos, a consultora admite que o leite sem lactose continua a apresentar crescimentos significativos ano após ano, continuando a aumentar a sua importância no mercado e assumindo um papel de relevo para os resultados mais positivos. “Confirma-se assim a preferência do shopper por alternativas saudáveis”.

A Nielsen divulga ainda que as marcas da distribuição também beneficiam de dinamismo nas suas ofertas mais funcionais. “No entanto, este crescimento não é suficiente para compensar a quebra na oferta ‘normal’ de Leite UHT, resultando na perda de vendas das MDD como um todo”.


Pela experiência que a Parmalat tem no mercado, afirma que nos últimos anos, o mercado do leite UHT tem vindo a apresentar quebras de consumo. “No entanto, com o aparecimento das novas tendências alimentares, nomeadamente com a tal procura de alternativas sem lactose, vieram dar um novo rumo, ajudando a estabilizar o mercado”.

Assim, e embora o mercado de leite UHT apresente uma quebra, diz a Parmalat que a categoria dos leites funcionais está com uma performance positiva impulsionada pelo forte crescimento de um segmento em particular: segmento do leite sem lactose.







Fonte: Anilact / Distribuição Hoje

 
 
09-05-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares