Notícias > Canadá comprou 22,6 milhões de euros de vinhos do Douro em 2017
  Voltar Imprimir
 

 

 
  Canadá comprou 22,6 milhões de euros de vinhos do Douro em 2017


O Canadá comprou 22,6 milhões de euros de vinhos da Região Demarcada do Douro em 2017, com destaque para os vinhos de Denominação de Origem Protegida Douro, que têm batido recordes sucessivos neste mercado.

Segundo dados fornecidos à agência Lusa pelo Instituto dos Vinho do Douro e Porto (IVDP), em 2017 as exportações de vinhos da Região Demarcada do Douro (RDD) para o Canadá representaram mais de 50 por cento do valor total das exportações de vinhos portugueses para esse mercado.

O Canadá, última etapa de um périplo que empresários nortenhos do setor estão em fazer a parte do continente americano, é, segundo o instituto público, o nono mercado externo para os vinhos portugueses.

De acordo com o IVDP, no caso da Denominação de Origem Protegida (DOP) Douro «têm-se registado anualmente recordes, com crescimentos sucessivos e acentuados das exportações» para aquele país, habitualmente o segundo mercado mais importante para este vinho, depois de Portugal.

Em 2017, foram exportadas para o Canadá 277 mil caixas, nove garrafas cada, de DOP Douro, o que significa mais 15,3 por cento do que no ano anterior. O volume de negócio atingiu os 10,4 milhões de euros, representando um aumento de 16,5 por cento comparativamente com o ano anterior.

O IVDP referiu ainda que o Canadá se destacou como mercado para a DOP Porto durante a segunda metade da década de 90 do século XX, em que teve um crescimento exponencial, passando da importação de 53 mil caixas em 1995, 12.º no “ranking” para 327 mil caixas em 2000, 8.º lugar.

Apesar de pontualmente se terem verificado acréscimos em alguns anos, desde 2000 a tendência global «tem sido para a diminuição» das exportações da DOP Porto para o Canadá. No entanto, o IVDP referiu que este mercado se tem mantido no “top 10” dos principais mercados de vinho do Porto.

Para a DOP Porto, o Canadá caracteriza-se por um preço médio muito superior ao global. Tal facto, segundo explicou o instituto público, fica a dever-se à enorme apetência deste mercado pelas categorias especiais. Entre os 25 principais mercados para a DOP Porto, é no Canadá que os Porto “premium” têm normalmente a quota mais elevada.

Em 2017, foram exportadas para o Canadá 143 mil caixas de DOP Porto, menos 4,8 por cento que no ano anterior, o que representa um volume de negócios de 12,2 milhões de euros, mais 0,4 por cento.

Neste país, o preço médio foi de 9,52 euros por litro, quase o dobro dos 5,00 cinco euros/litro da comercialização global de DOP Porto, em resultado de uma quota de mercado dos Porto “premium” de 82,3 por cento do valor das exportações para o Canadá. Nas vendas globais de DOP Porto essa quota foi de 42,7 por cento.






Fonte: Agronegócios / Lusa 

 
 
21-06-2018
       
 
   
 
 
home
Página de Entrada
 
Opinião
 
Links Úteis
 
Pesquisa
 
Mapa do Sítio
     
Intranet  
 
Username:
 
 
Password:
 
     
   
Entrada    ::    OMAIAA    ::    Publicações    ::   Mercados   ::   O Seu Olhar    ::    Notícias    ::    Contactos
Copyright 2011 © Observatório dos Mercados Agrícolas e das Importações Agro-Alimentares